Vamos repensar a relação?

Vamos repensar a relação?

Hoje eu queria propor algumas perguntas pra gente parar e repensar a relação com a comida, com o nosso corpo e com o corpo dos outros.

Quantas vezes você já ouviu “nossa, assim vai engordar”?

Quantas vezes você já deixou de comer algo porque sabia que ia escutar algum comentário assim?

Quantas vezes você deixou de usar shorts ou saia no calor por vergonha das suas pernas, sejam elas finas ou grossas?

Quantas vezes você julgou o que uma pessoa gorda estava comendo?

Quantas vezes você acha que alguém deixou de comer o que estava com vontade por causa de um comentário seu?

Quantas vezes vezes você condenou o que alguém estava vestindo por “não ter corpo pra isso”?

Quantas vezes você ficou com inveja da gordinha que estava de vestidinho curto e com todas as celulites de fora, mas passando bem menos calor do que você?

Quantas vezes você já passou fome achando que assim ia emagrecer?

Quantas vezes você já se arrependeu de ter comido alguma coisa?

Quantas vezes você já suspirou querendo ter o corpo da modelo da capa da revista?

Quantas vezes você pensou em quanto photoshop tinha ali?

Quantas vezes você usou a saúde como desculpa quando seu único objetivo era estético?

Quando foi que o valor de uma pessoa passou a ser inversamente proporcional ao tamanho da sua roupa?

pra repensar a relaçãoAlgumas dessas coisas talvez a gente faça até sem pensar, sem perceber, mas uma ou outra acaba fazendo.

Como diz o melhor professor que já tive na vida Clóvis de Barros Filho, a vida não tem gabarito. Não existe um manual pra vida boa, um só jeito de se viver bem. Então você pode ser feliz com o corpo que você tiver, com a roupa que você quiser e com a alimentação que você quiser.

O que tem que mudar é a nossa cabeça, por isso a proposta de repensar a relação. Temos que parar de julgar tanto o nosso próprio corpo e principalmente o corpo dos outros. Primeiro porque o dos outros simplesmente não nos diz respeito. Segundo porque as nossas maiores encanações são com o que mais criticamos nos outros, então quando julgamos menos os outros passamos a exigir menos de nós mesmos também. Tenta! E depois me conta como foi…