Doce Tradição: Lançamento da Santa Helena

Doce Tradição: Lançamento da Santa Helena

embalagens doce tradição santa helena

A Santa Helena, maior empresa especializada em produtos derivados do amendoim, como a Paçoquita e o Mendorato, está lançando uma nova linha: Doce Tradição. A ideia é resgatar receitas tradicionais e despertar no consumidor a lembrança e o sabor de “antigamente”.

Há 73 anos no mercado, a empresa tem ampliado seu mix de produtos, apostando nos benefícios do amendoim para crescer ainda mais. A nova linha vem para trazer o sabor das sobremesas de família, aquelas que provavelmente a sua avó ou alguma tia faziam! “Resgatamos receitas tradicionais que, com certeza, vão emocionar e trazer à tona muitas boas memórias e sabores já esquecidos”, nas palavras da Daniela Zanin, Gerente de Produto da Santa Helena.

Os três produtos da linha Doce Tradição que estão sendo lançados agora em Setembro são o Doce de Amendoim, o Amendoim Caramelizado e o Mix de Nuts Caramelizadas (amêndoas, castanha de caju e amendoim).

Particularmente amendoim me traz de fato memórias afetivas muito gostosas, porque na casa da minha avó paterna sempre teve, ou torrado ou caramelizado, uma tradição mesmo. O dela é um pouco diferente porque nesse vai canela e no dela não (meu pai não gosta de canela), mas com certeza o cheirinho ao abrir a embalagem me fez lembrar de entrar na casa dela e saber que tinha amendoim caramelizado esfriando só pelo cheiro.

amendoim caramelizado santa helena doce tradição

Abri o doce de amendoim e o amendoim caramelizado antes de fazer o post pra poder dar a minha opinião. Sobre o caramelizado o que tenho a dizer é que não consegui escrever nada enquanto ele não acabou! Sério, não dá pra parar de comer!

doce de amendoim santa helena doce tradição

O doce de amendoim é muito gostoso também, a consistência lembra de um doce de leite, bem maciozinho, mas com pedacinhos de amendoim. É uma boa opção pra quem gosta do sabor de amendoim, mas não gosta da consistência da paçoca!

O mix de amêndoa, castanha de caju e amendoim guardei pra levar pra minha avó e agradecer por tantas lembranças doces! Mas tenho certeza que deve ser tão irresistível quanto o amendoim caramelizado.

Receita de Rapadura de Chocolate

Receita de Rapadura de Chocolate

rapadura de chocolate

Esses dias recebi da @josi_ataide a receita dessa Rapadura de Chocolate que ela fez. Parece ser super simples e super gostosa, então achei que valia compartilhar aqui também! Eu adoro essas colaborações, porque o meu repertório de receitas não é tão grande e porque sou curiosa, gosto de saber o que vocês estão fazendo e curtindo. Então quem quiser me enviar receitas (com foto, por favor) pode mandar um e-mail para receitas@oquetemdesobremesa.com.br que eu vou adorar ver e publicar aqui, com todos os créditos sempre!

Agora vamos a receita de Rapadura de Chocolate da @josi_ataide

Ingredientes:

1 lata de leite condensado

1 colher de sopa de margarina

4 colheres de sopa de achocolatado

Amendoim torrado e moído a gosto

Modo de preparo:

Caso o seu amendoim não esteja torrado e moído você pode fazer isso bem rapidinho! Pra torrar é só colocar no microondas, três minutos devem ser suficientes, mexendo de vez em quando. Agora tire as casquinhas e bata um pouco no liquidificador. Vá pulsando até ficar do tamanho que preferir.

Leve o leite condensado, a margarina e o achocolatado ao fogo baixo, mexendo sempre, até começar a borbulhar.

Tire do fogo e acrescente o amendoim, misturando bem. Espalhe no fundo de um recipiente a sua escolha, como uma forma ou uma travessa de vidro, untada com margarina. Quanto maior for o recipiente mais fino vai ficar o doce depois.

Deixe esfriar e leve pra geladeira até a hora de servir (pelo menos 2 horas). Aí é só cortar como preferir.

Não tem como essa rapadura de chocolate não ser uma delícia né! A Josi me disse que não ficar super dura, daquela de ter medo de quebrar o dente, e é tão fácil de fazer que dá até pra aproveitar a criançada que está de férias pra ajudar! Faz aí e depois me conta como ficou, posta uma foto e me marca com @oquetemdesobremesa ou #oquetemdesobremesa.

Pavê de Amendoim

Essa receita de pavê de amendoim é uma delícia! Comi vários anos atrás, quando o Instagram ainda nem existia, muito menos a minha ideia de ter um blog de sobremesas, mas adorei e minha tia conseguiu a receita pra mim na época. Estava limpando um e-mail que quase não uso mais e achei essa receita perdida por lá! Não tem fotos porque realmente faz muito tempo que comi, mas vocês podem fazer e me mandar foto no receitas@oquetemdesobremesa.com.br que eu atualizo o post e dou os créditos, que tal?

Ingredientes:

1/2 kg de biscoito de maisena
1 xícara de leite
150 g de amendoim torrado e moído
250 g de manteiga sem sal
3 gemas
1 lata de creme de leite gelado sem soro*
250 g de açúcar
1 pitada de baunilha
1 lata de doce de leite

 

Modo de fazer:

Bata na batedeira o açúcar e e a manteiga, até dissolver bem todo o açúcar.
Coloque as gemas e continue batendo até ficar um creme uniforme.
Em seguida acrescente o creme de leite sem soro* e a baunilha.
Esse vai ser o recheio. Passe um pouco dele no fundo da travessa em que for montar o pavê.
Coloque o leite em um prato e o licor em outro (que licor??) e passe os biscoitos de maisena primeiro no leite e depois no licor para umedecer. Pois é, de repente surgiu um licor na receita, que eu não sei nem de que sabor é porque juro que não está na lista de ingredientes! Vamos tratá-lo como opcional, ok? A função dele seria “só” dar sabor, o que nunca é pouco, claro, mas nesse caso não acho que seja essencial.
Vá intercalando camadas de recheio e biscoitos já umedecidos, até acabar. A última camada vai ser de doce de leite com o amendoim picado por cima.
Deixe na geladeira de um dia pro outro antes de servir.

É mais um pavê com amendoim do que um pavê de amendoim né? Mas me foi apresentado assim e o importante é que era muito gostoso!

*Observação sobre o soro do creme de leite: é aquele líquido que fica separado do creme. Na separação o soro vai pra baixo e o creme pra cima, então pra tirar é  só virar a lata de ponta cabeça em relação a posição que ela tiver, abrir um pouco com o abridor de latas e virar até sair todo o líquido, ou quase todo, e sobrar o creme. Achei importante explicar porque acho que é a primeira receita que posto que pede o creme de leite sem o soro, e conheço gente que na primeira vez que foi cozinhar com creme de leite não sabia separar o soro. Aliás, conheço gente que achou até que estava estragado porque não sabia o que era o soro, mas deixa pra lá haha