Essa receita de pavê de amendoim é uma delícia! Comi vários anos atrás, quando o Instagram ainda nem existia, muito menos a minha ideia de ter um blog de sobremesas, mas adorei e minha tia conseguiu a receita pra mim na época. Estava limpando um e-mail que quase não uso mais e achei essa receita perdida por lá! Não tem fotos porque realmente faz muito tempo que comi, mas vocês podem fazer e me mandar foto no receitas@oquetemdesobremesa.com.br que eu atualizo o post e dou os créditos, que tal?

Ingredientes:

1/2 kg de biscoito de maisena
1 xícara de leite
150 g de amendoim torrado e moído
250 g de manteiga sem sal
3 gemas
1 lata de creme de leite gelado sem soro*
250 g de açúcar
1 pitada de baunilha
1 lata de doce de leite

 

Modo de fazer:

Bata na batedeira o açúcar e e a manteiga, até dissolver bem todo o açúcar.
Coloque as gemas e continue batendo até ficar um creme uniforme.
Em seguida acrescente o creme de leite sem soro* e a baunilha.
Esse vai ser o recheio. Passe um pouco dele no fundo da travessa em que for montar o pavê.
Coloque o leite em um prato e o licor em outro (que licor??) e passe os biscoitos de maisena primeiro no leite e depois no licor para umedecer. Pois é, de repente surgiu um licor na receita, que eu não sei nem de que sabor é porque juro que não está na lista de ingredientes! Vamos tratá-lo como opcional, ok? A função dele seria “só” dar sabor, o que nunca é pouco, claro, mas nesse caso não acho que seja essencial.
Vá intercalando camadas de recheio e biscoitos já umedecidos, até acabar. A última camada vai ser de doce de leite com o amendoim picado por cima.
Deixe na geladeira de um dia pro outro antes de servir.

É mais um pavê com amendoim do que um pavê de amendoim né? Mas me foi apresentado assim e o importante é que era muito gostoso!

*Observação sobre o soro do creme de leite: é aquele líquido que fica separado do creme. Na separação o soro vai pra baixo e o creme pra cima, então pra tirar é  só virar a lata de ponta cabeça em relação a posição que ela tiver, abrir um pouco com o abridor de latas e virar até sair todo o líquido, ou quase todo, e sobrar o creme. Achei importante explicar porque acho que é a primeira receita que posto que pede o creme de leite sem o soro, e conheço gente que na primeira vez que foi cozinhar com creme de leite não sabia separar o soro. Aliás, conheço gente que achou até que estava estragado porque não sabia o que era o soro, mas deixa pra lá haha