leite condensadoLeite Condensado é um ingrediente mágico né? É só combinar com quaisquer outros ingredientes gostosos (e doces obviamente) que vira uma sobremesa gostosa, não tem erro! Eu brinco que é um item de primeira necessidade e que nunca pode faltar no armário, mas você sabia que ele foi inventado por necessidade mesmo??

Lá por volta de 1827 na França os produtores tinham dificuldade em transportar o leite até as cidades, porque muitas vezes ele estragava antes de chegar. Naquela época ainda não tinha a pasteurização, era leite puro e natural mesmo, logo muito perecível. O processo de adicionar açúcar e aquecer para retirar grande quantidade de água do leite, por evaporação, fazia com que ele durasse mais tempo. Assim era mais fácil pro produtor levar e pro consumidor guardar, já que também não tinham geladeiras. Depois era só misturar na água, igual leite em pó, e tomar como leite mesmo. Dá pra imaginar??

Em 1853 o empresário americano Gail Borden Jr levou esse método pros Estados Unidos, e lá começou a ser um processo industrial. Isso foi bem útil durante a Guerra Civil Americana, entre 1861 e 1865, porque o leite condensado era um alimento fácil de transportar e de armazenar e bastante calórico, suprindo a necessidade de energia dos soldados.

Depois da guerra o leite condensado foi chegando aos mercados e em 1871 já era possível encontrar aqui no Brasil, mas importado. Em 1921 a Nestlé inaugurou sua primeira fábrica brasileira, em Araras – SP, e adivinha qual foi o primeiro produto feito?? Na embalagem tinha o desenho de uma camponesa suíça carregando um balde de leite na cabeça, por isso ficou conhecido como o “Leite da Moça”. A Nestlé incorporou a ideia e em 1937 adotou o nome Leite Moça nas embalagens. Hoje temos várias outras marcas, mas há de se respeitar a primeira.

Agora você já pode explicar pra quem perguntar porque leite condensado é algo tão necessário! Além de ser porque ele faz brigadeiro, beijinho, pudim…