A Páscoa é uma das minhas épocas preferidas do ano, por motivos óbvios de: Ovos de Chocolate! Acho lindo ver os corredores dos supermercados claustrofóbicos por estarem cheios de ovos de páscoa pendurados no teto! Sei que estão caros, que quando a gente faz a conta de quantas barras do mesmo chocolate daria pra comprar pelo mesmo valor parece que acende um letreiro de idiota na testa, que com o preço de um ovo de páscoa de 300g  dá pra comprar 1kg de carne… Mas também sei que tem toda uma magia envolvida! Abrir um ovo de páscoa pode ser mais empolgante do que abrir um presente, ainda que eu já saiba o que vou encontrar! Tirar o adesivo que prende a fita, sofrer pra soltar o nó, desamarrar a fita, abrir o celofane que fica enorme, e encontrar ele ali, reluzente, coberto de papel prateado bem esticadinho, separar as duas metades, sentir o cheiro do chocolate, quebrar o primeiro pedaço… Ah, é um momento inegavelmente delicioso!Ovos de Páscoa

Claro que as empresas sabem dessa magia e se valem dela pra poder cobrar sempre um pouco mais, simplesmente porque sabem que a gente paga! Tem também algumas questões de custos que não são difíceis de compreender. Tem maquinário específico pros ovos que só é usado em alguns meses, contratação de mão de obra extra (porque a produção dos chocolates normais não para), transporte eu não sei exatamente como é feito, mas ainda que seja nos mesmos caminhões, é fácil calcular que um ovo ocupa muito mais espaço do que a barra, logo cabem menos em cada caminhão. Então, ok, entendo que um ovo de 170g custe mais que uma barra do mesmo peso, mas será que precisa mesmo ser tão mais??

Eu sempre pesquisei bastante antes de comprar, fazia uma tabela comparativa do preço dos ovos que me interessavam em supermercados e lojas diferentes, calculando também o preço a cada 100g pra ter mais noção. E olha, a diferença as vezes era bem grande viu (o que mostra que a culpa não é toda dos fabricantes). Alguns anos atrás comecei a incluir também ovos de páscoa caseiros. Muitas vezes o valor era melhor, e mesmo que não fosse eu achava legal comprar direto de alguém, colaborar e incentivar uma pessoa, uma família.

Ovo de colher

Ainda adoro saber quais são as novidades do ano. Quando eu era criança só me lembro de ovos de casca simples, recheados com brinquedo ou bombom, o mais ousado era o crocante. Depois, lembro de alguns terem um recheio safado tímido na casca. Teve uma época em que começaram os formatos diferentes, que eu gostava como sacada de marketing, mas como consumidora não achava válido como ovo de páscoa não. Desde então a criatividade vem sendo mais frequente, com cascas super recheadas, sabores diferentes, até o ovo inteiro recheado que é o queridinho da vez, o ovo de colher. Com tanta novidade aquele ovo tradicional de quando eu era criança é quase ignorado.

Claro que pra mim qualquer chocolate, em qualquer formato, é sempre melhor do que não ter chocolate. Mas super defendo os ovos de páscoa, ainda que sejam os mais simples!

OBS: Fotos by Google