Torta Holandesa – receita original

Torta Holandesa – receita original

torta holandesa mr beyEu já contei nesse post sobre a origem da Torta Holandesa, que na verdade foi criada em Campinas (SP) e não na Holanda! A receita original é guardada a sete chaves pela Mr. Bey e eu fiquei devendo na quele post. A boa notícia é que recebi uma receita e quem me passou jura que fica igualzinha! Eu ainda não testei, mas como me pediram no Instagram recentemente vou compartilhar com vocês, com todas as dicas que me passaram também, e quem fizer me conta depois como ficou!

Torta Holandesa

Ingredientes:

Base
1 pacote de biscoito de maizena
100 g de manteiga sem sal
1 pacote de biscoito redondo coberto com chocolate

Creme
200 g de manteiga sem sal (não pode ser margarina)
1 xícara de chá de açúcar
2 latas de creme de leite sem soro e bem gelado (não pode ser caixinha, tem que ser sem soro e tem que ser bem gelado)
1 colher de sopa de essência de baunilha

Cobertura
1 barra de chocolate meio amargo
1 caixinha de creme de leite (ou uma lata, sem soro)

Como fazer:
Triture o biscoito de maizena (no liquidificador, no processador ou amassando em um saquinho plástico). Amoleça um pouco a manteiga no microondas (cerca de 20 segundos). Misture o biscoito triturado com a manteiga e coloque em uma assadeira de fundo removível, pressionando no fundo até cobrir o fundo todo. Na lateral coloque os biscoitos cobertos de chocolate em pé, com o chocolate virado pra fora. Leve pra geladeira.
Na batedeira bata a manteiga (pode tirar da geladeira um pouco antes pra ficar mais molinha) e o açúcar até obter um creme bem claro. Junte o creme de leite (de lata, sem soro e bem gelado, é importante) e a baunilha e mexa bem, sem bater, somente até ficar um creme homogêneo. Esse creme deve ficar firme, se mexer demais começa a ficar líquido. Coloque esse creme por cima da base que estava na geladeira e volte tudo pra geladeira por pelo menos 2 horas.
Derreta o chocolate no microondas (de 30 em 30 segundos, mexendo em cada intervalo até ver que está derretido). Misture o creme de leite até ficar um creme homogêneo. Deixe esfriar e só coloque por cima do creme branco quando estiver em temperatura ambiente (e o creme já tiver ficado 2 horas na geladeira).
Deixe a sua Torta Holandesa na geladeira por pelo menos 6 horas antes de servir, se puder fazer um dia antes é melhor.

5 lugares com boas sobremesas em SP

5 lugares com boas sobremesas em SP

Em homenagem ao aniversário de São Paulo resolvi listar alguns dos meus lugares preferidos para comer sobremesas em SP.  São lugares que eu frequento e acho que têm alguma coisa de especial. Claro que uma cidade tão grande como essa tem muuuitas outras opções legais (nesse post dos 10 melhores de 2015 tem mais algumas), mas essas são as primeiras que eu penso quando quero comer um doce bem gosto em São Paulo!

1 – Bella Paulistasobremesas em sp padaria bella paulista

São Paulo tem muitas padarias boas, essa é a minha queridinha por ser perto de casa, ser 24 horas e tudo lá ser gostoso! Tem o buffet de sopas que dá pra pegar um pedacinho de cada sobremesa, esse croissant de chocolate maravilhoso, carolinas de diversos sabores (a de limão é imbatível), donuts fofinhos (tem que dar sorte porque acabam rápido), brownie bem molhadinho, e muitos outros doces lindos E gostosos! Só evito alguns com mousse porque geralmente é mousse feito com gelatina que eu pessoalmente não gosto, e já que tem tantas outras opções boas..

2 – Bacio di Lattebacio di latte

Agora já tem em outras cidades, mas começou por aqui e eu adoro! A primeira vez que ouvi falar foi com o seguinte comentário “é melhor que Haagen-Dazs”, é pra ficar interessadíssima ou não é? Contei pros meus cunhados, eles foram antes que eu e confirmaram… A expectativa era bem alta e não decepcionou nem um pouco! Desde a primeira vez que fui foi amor eterno, falo pra todo mundo e levo todos que posso pra tomar gelato lá. Por incrível que pareça os sabores que eu menos gosto são os de chocolate! Meus preferidos são os que envolvem Nutella, como Nutellina, Cremino, Gianduiotto… A casquinha recheada com Nutella e uma bola de Nutellina fica perfeita! Os de frutas também são muito bons, eu pessoalmente só tenho um problema com os que tem sementinhas (como o de morango), porque elas ficam no dente depois e me irritam… mas o de limão siciliano é a pedida certa num dia de calor!

3 – Casa Garciasobremesas em sp pavê casa garcia

Passou por uma reforma recentemente, mas é uma mercearia pequena, que se eu não tivesse sido avisada do tesouro que havia lá dentro jamais teria entrado. Tem produtos industrializados, como toda mercearia, mas o que atrai muita gente na hora do almoço são os lanches de frios fatiados na hora e bem generosos, e a única opção de sobremesa: o clássico pavê de doce de leite! É um pavê de biscoito de maizena com creme, coberto com uma camada de doce de leite. Combinação simples, mas perfeitamente deliciosa. Dá pra comer na hora, ali no guardanapo mesmo, ou levar pra viagem. Não é o lugar mais tradicional quando se pensa em onde comer sobremesas em SP, mas acho que é justamente esse o charme!
Não tem site, mas fica na Rua Luis Coelho, 128 – Cerqueira César (travessa da Augusta, atrás do Center 3), abre de segunda a sexta das 07 às 20h, sábado das 07 às 13h e não abre aos domingos.

4 – Casa Mathildesobremesas em sp pastéis de nata

Foi uma descoberta recente, apesar do meu padrinho me falar dela faz tempo… É uma casa de doces portugueses no centro de São Paulo, perto da 25 de Março, e deve ser incluída no roteiro da visita quando se for àquela região. Eu esperava uma arquitetura mais clássica, mas é bem moderninha, com a fachada toda de vidro. O forte da casa é o pastel de nata, mas tem várias outras opções. Quem quiser pode ver um pouco mais nesse vídeo que fiz quando fui lá.

5 – Coco, Cravo e Canelabomba de chocolate coco cravo e canela

É uma doceria antiga, de bairro, e que fez muito parte da minha infância. Eu morava perto, então passava por lá com alguma frequência. A tortinha de morango é clássica, o mil folhas era o preferido da minha tia, o bolo floresta negra era minha paixão platônica quando criança, achava lindo, mas não queria comer porque não gostava de cereja! Eu não resisto à bomba de chocolate, a versão grande é uma perdição, a gente sempre quer cortar só mais um pedacinho… Minha mãe quando passava lá costumava me levar uma bandeja de pão de mel, que mesmo não sendo os meus preferidos tinham um gostinho especial pelo carinho. O atendimento nem sempre é dos mais simpáticos, mais por culpa dos donos do que das atendentes, porque eles não gostam que elas conversem muito com os clientes… Mas os doces valem a pena.

Pavê de pêssego e coco

Pavê de pêssego e coco

pavê de pêssego e cocoAposto que veio uma lata de pêssego em calda na cesta de Natal de alguém da sua família e ela ainda tá rolando no armário porque ninguém sabe o que fazer com ela, acertei? Agora tem destino certo: um delicioso pavê de pêssego e coco! É uma sobremesa que fica perfeita bem gelada, a cara do verão e fácil de fazer, olha só!

Pavê de Pêssego e Coco


Ingredientes

Meia xícara de chá de amido de milho
2 xícaras e meia de chá de leite
1 vidro pequeno de leite de coco (200 ml)
1 lata de leite condensado
2 gemas
1 colher de sopa de margarina
1 embalagem e meia de biscoito do tipo champanhe
1 lata pêssego em calda picado
Meio pacote de coco ralado desidratado (50 g)

Como fazer

Em uma panela média, dissolva o amido de milho no leite.
Junte o leite de côco, o leite condensado e as gemas e cozinhe em fogo médio, mexendo sempre, até engrossar.
Retire do fogo e misture a margarina.
Reserve.
Em um refratário médio (29 x 22 cm), faça camadas com metade do biscoito champanhe, metade do creme reservado, metade do pêssego e metade do coco.
Repita a operação com o restante dos ingredientes.
Leve à geladeira por pelo menos 3 horas ou até ficar firme e sirva gelado.

Dicas:

  • A umidade do creme vai amolecer os biscoitos champanhe, mas se você quiser também pode passa-los na calda dos pêssegos quando for montar, assim eles ficam mais úmidos e pegam ainda mais sabor.
  • Se não gostar de coco não precisa colocar, mas o sabor combina muito bem!
  • Se quiser pode colocar uma gotinha de essência de baunilha no creme, sempre no final, junto com a margarina, pra não perder o sabor. Acho que dá um gostinho a mais que também combina bem tudo.

Agora você já sabe o que fazer com pêssegos em calda: um belo pavê de pêssego e coco! Surpreenda a sua família e me conte como ficou usando a #oquetemdesobremesa no Instagram.

Foto e receita enviadas pela marca Maizena®

Sobremesas do América – A Vida é Doce

Sobremesas do América – A Vida é Doce

cardápio a vida é doce de sobremesas do AméricaO ano começou animado no mundo das sobremesas! “A vida é doce” é o título do novo cardápio de sobremesas do América. São 4 sabores para relembrar os doces momentos da vida, todos com o tradicional frozen yogurt America de base e complementos bem gostosos. “A proposta deste cardápio é brincar com o conceito de comfort food, para isso buscamos compor as receitas com ingredientes que exploram nossa memória gustativa e buscam trazer de volta emoções e sabores da infância”, explica o chefe Marcelo Favaro, que assina as criações.

As 4 novas sobremesas do América são:

FROZEN PIPOCA DO PIPOQUEIRO
Frozen yogurt natural servido com brigadeiro de colher,
calda de frutas vermelhas, crocante de brownie e autênticas de pipoqueiro.

FROZEN BOLO DE COCO GELADO DA VOVÓ
Frozen yogurt natural servido com calda de abacaxi com capim santo
e o famoso bolo de coco gelado da vovó.

FROZEN TORTINHA DA MINHA TIA
Frozen yogurt natural servido com creme de limão, morangos frescos
e casquinhas crocantes da torta da minha tia.

FROZEN PÃO DE MEL DA SOGRA
Frozen yogurt natural servido com doce de leite argentino, calda “crock”
de chocolate e bolo pão de mel delicioso igual ao da minha sogra.

Os nomes são muito fofos e pra mim de fato trazem totalmente a ideia de comfort food e de infância. Eu experimentei o Frozen Bolo de Coco Gelado da Vovó  e o Pão de Mel da Sogra. O pão de mel e o doce de leite são ótimos, o doce de leite fica bem gostoso com o azedinho do iogurte, só achei que a calda é “crock” demais, não é prática pra quebrar com a colher e chegar no doce de leite. O de bolo de coco e abacaxi é uma delícia! A escolha certa pro verão, super refrescante, todos os sabores combinam muito perfeitamente, e é uma sobremesa leve.

Pra quem quiser experimentar, esse cardápio especial de frozen já está disponível em todas as unidades dos restaurantes América e fica até o dia 28/02/2016. Cada uma custa R$ 22,90, achei justo pelo tamanho do copo, que me surpreendeu.

Torta Alemã com Doce de Leite

Torta Alemã com Doce de Leite

torta alemã com doce de leiteNa semana passada postei no Instagram essa Torta Alemã do Cafeína (RJ), e a Francielly me pediu a receita. A composição dela é: creme alemão, doce de leite, chantilly e farofa de biscoito. Precisei dar uma pesquisada, não encontrei a receita exata, mas acho que cheguei em uma que se não for exatamente igual deve ficar muito próxima e tão deliciosa quanto!

Receita de Torta Alemã com Doce de Leite

Ingredientes:
3 pacotes de biscoito Maria
Leite para umedecer os biscoitos

1 lata de doce de leite (pode ser o leite condensado cozido)
300g de manteiga sem sal
300g de açúcar
3 latas de creme de leite gelado e sem soro
4 gemas
2 colheres de chá de baunilha

500g de creme de leite fresco para chantilly
3 colheres de sopa de açúcar

Como fazer:
Comece pelo creme batendo na batedeira 300g de manteiga com 300g de açúcar até obter um creme esbranquiçado. Acrescente as gemas, uma por vez, sem deixar de bater, até ficar um creme claro. Desligue a batedeira e junte o creme de leite e a baunilha só mexendo até ficar homogêneo.

Forre o fundo de uma forma redonda (de preferência com fundo removível) com papel alumínio ou filme plástico para facilitar na hora de desenformar. Faça uma primeira camada com os biscoitos levemente umedecidos no leite e cubra com uma camada do creme. Faça mais uma camada de biscoitos e dessa vez cubra com o doce de leite*. Repita mais uma camada de cada e reserve na geladeira.

Novamente na batedeira bata o creme de leite fresco com as 3 colheres de açúcar aumentando a velocidade até chegar no ponto de chantilly. Cuidado para não bater demais, pare assim que virar chantilly, deve levar entre 5 a 10 minutos.

Coloque o chantilly por cima da última camada de doce de leite da torta. Pode fazer uma camada fina e guardar o restante na geladeira para usar em outra receita.

Finalize com bastante biscoito triturado (no mixer, liquidificador ou até na mão, envolvendo em um pano de prato e amassando bem).

Sua torta alemã com doce de leite está pronto, agora deixe na geladeira por pelo menos 5 horas antes de servir, ou de um dia pro outro se possível.

 

* Caso opte pelo leite condensado cozido faça um dia antes para ter certeza que já estará frio quando for abrir a lata e utilizar.