Hollyfood – Nicolas Knepper

Hollyfood – Nicolas Knepper

Você já deve ter ouvido que não se deve brincar com a comida né? Bom, o fotógrafo francês Nicolas Knepper não obedeceu essa regra e… ainda bem! Reunindo muita habilidade e criatividade ele fez o que chamou de Hollyfood, fotos nem um pouco clássicas de doces bastante tradicionais, inspiradas em Hollywood.

Tudo começou quando esposa dele abriu uma confeitaria e pediu para ele fotografar os doces para ela. Depois de fazer as fotos oficiais ele resolveu se divertir um pouco. Ele foi estudar o processo de confecção e as origens de cada doce, e descobriu algumas histórias que pareciam de conto de fadas. Como é apaixonado por cinema ele começou a imaginar fotos com os doces que fizessem referências a filmes, como Kill Bill, Star Wars e Senhor dos Anéis, sempre com uma dose de humor. Doces de confeitaria são bonitos e delicados, então a ideia dele de buscar cenas mais pesadas foi intencional, para ser um paradoxo mesmo. Além da Hollyfood tem outras séries no site dele, e mais a caminho. Ele diz que passou de paixão para obsessão e que toda vez que assiste tv, filme, ou lê um livro já fica pensando no que poderia montar!

Eu achei algumas muito legais, imagino o trabalho que deu para montar e fotografar essas cenas. É interessante pensar que o fotógrafo teve que ser tão detalhista e preciso nas combinações quanto o confeiteiro, são duas obras de arte!

my precious donut

Meu precioso, com um donut

macarons hulk

Macarons me deixam nervoso, com macarons de pistache

Hollyfood-baking bad

Baking Bad, com uma massa que parece de bomba e açúcar cristal

Hollyfood-roubodoseculo

O roubo do século, com macaron de champanhe com folha de ouro

cerealkiller

Cereal Killer, com leite e cereais

Hollyfood creamscene

Cena do creme, com cheesecake e frutas vermelhas

Hollyfood killbill

Kill Bill, a vingança é um prato que se come frio, com mini éclair (ou bomba) de limão e framboesa.

 

Suflê de Goiabada com Calda de Requeijão

Suflê de Goiabada com Calda de Requeijão

suflê de goiabada com calda de requeijão

Goiabada com queijo é uma sobremesa super clássica aqui no Brasil, também conhecida como Romeu e Julieta. O nome é uma referência ao casal de Shakespeare que era de famílias opostas, mas não se importava com isso porque combinava no amor, assim como os sabores da goiabada e do queijo, que são opostos por serem um doce e um salgado, mas simplesmente combinam. Suflê é um prato francês que pode ser doce ou salgado, mas é sempre muito leve, afinal o nome soufflé em francês significa assoprado. Já deu pra imaginar que um suflê de goiabada com calda de requeijão é uma versão bem leve e suave do Romeu e Julieta clássico né?

Outro dia a Fabiana me marcou na foto do suflê que ela fez (acima), inspirada pelo do Fogaça, e me passou a receita. Quer fazer também? Anota aí:

Ingredientes:

Suflê
4 claras
200g de goiabada cremosa

Calda
1 copo de requeijão (pode ser light)
1 xícara de leite (pode ser desnatado)

Como fazer:

Suflê

Bata as claras em neve até que fiquem bem firmes (dica: coloque 1 pitadinha de sal quando as claras começarem a subir para que elas fiquem ainda mais firmes!).

Adicione a goiabada aos poucos e misture delicadamente com um fouet.

Coloque em potinhos individuais de cerâmica próprios para suflê. Costuma render 6 potinhos.

Leve ao forno pré aquecido em 180 graus por 15 minutos ou até que fiquem dourados. (Ela deixou um pouco menos porque estava com medo de queimar, mas poderia ter deixado os 15)

Calda

Aqueça o requeijão e adicione o leite aos poucos, mexendo sempre, até ficar uma mistura homogênea. Sirva ainda quente por cima do suflê também quente.

 

Eu não sou uma grande fã da combinação goiabada com queijo (ou requeijão), porque pessoalmente não gosto de misturar doce com salgado. Experimentaria porque acho que o sabor da calda deve ficar bem suave, mas também acho que só o suflê já deve ficar uma delícia! Quem fizer me conta o que achou e marca a #oquetemdesobremesa pra eu ver como ficou!

Um Senhor Pudim

Um Senhor Pudim

senhor pudim o que tem de sobremesa

O Pudim é uma sobremesa tradicional, presente em diversas culturas, ainda que com diferenças regionais, mas que ficou um tempo meio esquecido por aqui. Estava presente mais na memória do que nas mesas, e chegou até a ser considerado “brega”, por ser um doce popular. Pois ele está voltando com força total, ainda mais delicioso do que já foi! O pudim de leite condensado continua sendo o carro chefe, mas novos sabores vem ganhando espaço.

Na semana passada eu fui conhecer o Senhor Pudim, uma casa de pudins muito agradável em Moema (SP). O Marcos é o caçula dos dez filhos da D.Flora, e foi com ela que aprendeu a fazer o pudim tradicional, sempre presente nos almoços de família. Mesmo com outra formação o gosto pelos pudins não foi deixado de lado, e ele chegou até a fazer curso de pastisserie na Le Cordon Bleu! Ele me contou que costumava levar deliciosos pudins como sobremesa quando ia jantar na casa de amigos, e com o tempo além de pedirem sempre que ele os levasse, os amigos e familiares começaram a incentivar que ele abrisse a sua loja. Assim nasceu a Senhor Pudim, porque o que a gente encontra lá realmente não é qualquer pudim… é um Senhor Pudim!

senhor pudimO Marcos é uma pessoa criativa e super atenta aos detalhes, ótima combinação né? Em um pouco mais de um ano de loja, ele lançou um sabor novo por mês! Além do tradicional ele oferece também: Macadâmia, Avelã, Banana, Doce de Leite, Paçoca, Brigadeiro, Nespresso Ristretto, Lavanda, Fava de Baunilha, Ovomaltine, Nutella, Coco, Chocolate Belga, Limão Siciliano, Tiramisú, Amaretto,  Água de Rosas, Gianduia, Marzipan, Capim Santo, Nozes, Tapioca, Amarena e Doce de Leite com Coco Queimado. Tá bom de opção? Pra ele não, as próximas novidades estão em fase de testes!

Alguns sabores são somente por encomenda, como Lavanda, Água de Rosas e opções diet. Na loja sempre tem alguns prontos, dos individuais tem mais variedade, mas se quiser um maior é melhor encomendar para garantir. Na parte da frente da loja ainda tem louças lindas, que você pode comprar junto para dar de presente ou para servir em casa mesmo.

Eu, claro, fui lá para experimentar também! O primeiro que despertou minha curiosidade foi o de Capim Santo (plantado e colhido pelo próprio Marcos), o sabor é ao mesmo tempo suave, porque o capim santo é suave, mas bem marcado. É bem diferente e bem gostoso!

senhor pudim de capim santo

O de Coco é mais firme, porque tem pedaços de coco ralado, fica com uma textura incrível e um sabor perfeito! Fazia tempo que eu não gostava tanto de um doce com coco!

senhor pudim de coco

Ovomaltine e Nutella são dois sabores bem conhecidos, mas o destaque vai pra consistência deles, superhipermega cremosos!

senhor pudim de ovomaltine

Não são só os pudins da Senhor Pudim que são gostosos, o ambiente também é! Tem uma área externa (coberta), com mesinhas, plantas na parede e um laguinho com carpas na lateral que eu fiquei encantada! Vale a visita!

Sobremesa fácil com Sorvete

Sobremesa fácil com Sorvete

sobremesa facil com sorvete

 

Sorvete é sempre uma sobremesa prática, porque já é gostoso do jeito que vem, mas também é um ingrediente muito versátil. Podemos usá-lo como complemento de sobremesas quentes, pra dar aquele contraste de quente e frio, ou podemos usar o próprio sorvete como base e acrescentar caldas e coberturas das mais variadas.

A  Raquelly me mandou uma receita que ela fez e foi tanto sucesso, tanta gente perguntando como fazer que ela quis compartilhar! A receita não tem nome, mas é uma sobremesa fácil, que tem mistura de quente e frio e tem complementos no sorvete! Parece deliciosa né? Vamos conferir:

Ingredientes:

Sorvete
Biscoito
Morango picado
1 barra de chocolate
1 caixinha de creme de leite

Como fazer:

Faça um ganache. Derreta o chocolate no microondas (mexendo de 30 em 30 segundos para não queimar) ou em banho maria. Coloque creme de leite até ficar na consistência que preferir (para mais líquido mais creme de leite, para mais firme menos creme de leite. Reserve.

Monte em uma taça (ou outro recipiente, mais legal se for transparente para ver as camadas) fazendo camadas de morango, biscoito picado (pode só quebrar com a mão mesmo), sorvete e o ganache de chocolate.

Decore como quiser e sirva em seguida.

 

Dá pra variar bastante e deixar ao seu gosto (ou dos seus convidados), porque o sabor do sorvete pode ser o que você preferir, o biscoito também pode ser o que você mais gostar (acho que deve ficar bom até com waffer), o morango pode ser substituído por outra fruta,  ou mais de uma, e o chocolate pode ser ao leite, meio amargo, ou até branco! A decoração pode ser com a fruta, com o biscoito picado ou inteiro, ou os dois, como ela fez.

Acho que o mais importante é servir logo depois de montar, pro ganache ainda estar quente e pro sorvete não derreter demais.

 

Doce Tradição: Lançamento da Santa Helena

Doce Tradição: Lançamento da Santa Helena

embalagens doce tradição santa helena

A Santa Helena, maior empresa especializada em produtos derivados do amendoim, como a Paçoquita e o Mendorato, está lançando uma nova linha: Doce Tradição. A ideia é resgatar receitas tradicionais e despertar no consumidor a lembrança e o sabor de “antigamente”.

Há 73 anos no mercado, a empresa tem ampliado seu mix de produtos, apostando nos benefícios do amendoim para crescer ainda mais. A nova linha vem para trazer o sabor das sobremesas de família, aquelas que provavelmente a sua avó ou alguma tia faziam! “Resgatamos receitas tradicionais que, com certeza, vão emocionar e trazer à tona muitas boas memórias e sabores já esquecidos”, nas palavras da Daniela Zanin, Gerente de Produto da Santa Helena.

Os três produtos da linha Doce Tradição que estão sendo lançados agora em Setembro são o Doce de Amendoim, o Amendoim Caramelizado e o Mix de Nuts Caramelizadas (amêndoas, castanha de caju e amendoim).

Particularmente amendoim me traz de fato memórias afetivas muito gostosas, porque na casa da minha avó paterna sempre teve, ou torrado ou caramelizado, uma tradição mesmo. O dela é um pouco diferente porque nesse vai canela e no dela não (meu pai não gosta de canela), mas com certeza o cheirinho ao abrir a embalagem me fez lembrar de entrar na casa dela e saber que tinha amendoim caramelizado esfriando só pelo cheiro.

amendoim caramelizado santa helena doce tradição

Abri o doce de amendoim e o amendoim caramelizado antes de fazer o post pra poder dar a minha opinião. Sobre o caramelizado o que tenho a dizer é que não consegui escrever nada enquanto ele não acabou! Sério, não dá pra parar de comer!

doce de amendoim santa helena doce tradição

O doce de amendoim é muito gostoso também, a consistência lembra de um doce de leite, bem maciozinho, mas com pedacinhos de amendoim. É uma boa opção pra quem gosta do sabor de amendoim, mas não gosta da consistência da paçoca!

O mix de amêndoa, castanha de caju e amendoim guardei pra levar pra minha avó e agradecer por tantas lembranças doces! Mas tenho certeza que deve ser tão irresistível quanto o amendoim caramelizado.