9 Bolos Decorados Pra se Inspirar

9 Bolos Decorados Pra se Inspirar

Eu adoro bolos decorados, sempre achei bonitos e me apaixonei mesmo depois de alguns programas na TV, como Cake Boss e Ace of Cakes! Sou capaz de passar horas vendo fotos de decorações criativas, e tive a ideia de compartilhar aqui com vocês. Comecei escolhendo esses 9, que são os que mais gostei do que vi hoje. Espero que gostem!

Além de muito fofo achei esse bolo de morangos com creme bastante “engenhoso”, fico imaginando como foi montar a estrutura para sustentar a jarra.

A mesma ideia e estrutura do anterior. Não sei se fiquei com mais vontade de bolo, de sorvete, ou dessa calda de chocolate…

Acho que nunca assisti Vila Sésamo, mas adoro o Come Come! Qualquer doce decorado dele fica super fofo, e com certeza gostoso, porque sempre tem cookies!

Sou apaixonada por Alice no País das Maravilhas… Já até fiz um aniversário com cupcakes inspirados nela (você pode ver aqui). Tem tanto bolo com esse tema que acho até que merece um especial só com eles!

Achei esse bem divertido e apetitoso, talvez pela combinação de cores. Nem deve ser tão difícil de fazer… Parece bem simples comparado com os outros.

Adorei esse, achei super diferente! Conheço alguns amantes de livros que iam amar ganhar um bolo decorado como esse!

Que amor essa casinha do Up! Altas Aventuras!!! Nem é meu filme preferido, mas os personagens estão bem feitinhos e adorei a parte de cima, que imagino ser de balinhas!

Sempre vejo vários bolos decorados com M&M’s, mas nem sempre os personagens são bem feitinhos. Esses eu achei que ficaram bem legais!

bolos decorados doces

É muita fofura e muita doçura juntas! Adorei a ideia de usar sorvetes e pirulitos pra estrutura, funcional e divertido!

Essas imagens todas peguei no Bored Panda, que tem muita inspiração legal, não só de bolos decorados, de vários assuntos.

Colgate NeutrAçúcar – Comendo Doces sem Cárie

Colgate NeutrAçúcar – Comendo Doces sem Cárie

colgate neutraçúcar

A Colgate lançou uma nova pasta de dente, a Colgate Máxima Proteção Anticáries mais NeutrAçúcar, que promete combater os ácidos originados pelos açúcares dos alimentos. Eles me mandaram esse kit super fofo com a pasta, claro, e vários docinhos com a temática de festa junina. Eu achei a ideia muito legal e quis escrever mais aqui pra tentar desmistificar mais uma coisa sobre o açúcar.

Meu pai é dentista e com ele aprendi desde pequena que o que causa cárie não é comer açúcar. O problema não está em comer doce em si, está em não escovar os dentes depois de comer! Explicando leigamente, depois que a gente come ficam nos dentes restos dos alimentos, misturados com saliva e com as bactérias que existem naturalmente na boca. Isso é chamado de placa. Sabe quando passamos a língua nos dentes e sentimos eles meio ásperos? É a placa que se formou, e nela as bactérias vão transformando o açúcar em ácidos, e esses ácidos corroem os dentes. A corrosão é que é a cárie.

Então não é instantâneo, comeu açúcar ficou com cárie. É um processo… Como não podemos eliminar as bactérias desse processo, temos que eliminar o açúcar, mas não precisa ser não ingerindo. Até porque diversos alimentos contém açúcares, não são só os doces, então também não adianta não comer açúcar e achar que não vai ter cáries só por isso. Basta escovarmos os dentes, retirando essa placa e interrompendo o processo.

Pra ajudar nessa escovação a Colgate NeutrAçúcar promete ser a maior inovação no combate a cárie desde a introdução do flúor, nos anos 50! Ela tem arginina, que quando processada pelas bactérias eleva o pH da boca a um nível mais saudável; e cálcio, que quando combinado com o flúor consegue remineralizar o dente quatro vezes mais do que o flúor sozinho. Ela promete reduzir em 20% o aparecimento de novas cáries e reverter as que estiverem bem no comecinho. Então ela previne e trata!

Eu estou usando a Colgate NeutrAçúcar e pretendo continuar. É difícil analisar a olho nu, então não dá pra dizer que estou vendo resultados, mas sinto que a boca fica bem limpinha e os dentes bem lisinhos sim!

Chá com Cupcake

Chá com Cupcake

chá com cupcake da aliceSemana que vem é meu aniversário e acho que já estou entrando no clima, tenho me lembrado muito de quatro anos atrás, quando fiz um Chá com Cupcakes pra comemorar. Eu estava em uma fase em que adorava fazer Cupcakes, aí me inspirei na Alice no País das Maravilhas e resolvi fazer o chá. Contratei uma máquina que fazia café, cappuccino, e água quente pro chá, que comprei de vários sabores. Pra ter alguma coisa salgada também encomendei mini croissants na padaria. E me aventurei de fazer 100 Cupcakes sozinha… em um forno de fogão de 4 bocas… Se não me engano fiquei cerca de 12 horas com o forno ligado pra assar todos! E olha que era tudo bem simples, usei massa pronta de saquinho em todos:

cupcake

Cupcake Lagarta Azul

Massa de laranja com cobertura de Nutella em forminha marrom. Pra decoração usei minhocas de gelatina e uma outra bala de gelatina também que parece um cogumelo espetada em um palito.

Cupcake Chapeleiro Maluco

Massa de chocolate com menta (essa lembro que era da Fleischmann) e cobertura de buttercream verde, com forminha verde. Esse foi um dos que deu mais trabalho por conta da cobertura. Fiz o buttercream com:

1/3 de xícara de manteiga (não pode ser margarina)
45 ml de leite
1 colher de chá de essência de baunilha
2 xícaras de açúcar de confeiteiro

Modo de fazer: Bater a manteiga com 1 xícara de açúcar, o leite e a baunilha por 5 minutos na batedeira. Colocar a outra xícara de açúcar e bater mais dois minutos.
Eu acabei batendo mais tempo porque demorei pra acertar a cor do verde que queria e fui colocar o corante só no final… Sugiro colocar o corante junto com a última xícara de açúcar e ir acertando durante esses dois minutos.

Pra terminar a decoração coloquei um círculo de cartolina verde por baixo, uma fitinha verde e a plaquinha 10/06.

Cupcake Gato que Ri

Massa de cenoura com cobertura de brigadeiro em forminha cor de rosa. Pra decoração usei confeito de chocolate pro olho e bala de goma em formato de gomo de laranja pra boca. Poderia ter colocado fitas roxas em volta da forminha, mas não deu tempo.

Cupcake Coelho Branco

Massa de limão, cobertura de limão e suspiros, em forminha branca. A cobertura de limão não poderia ser mais simples, 1 lata de leite condensado e 1 pacotinho de suco de limão, só misturados, nem vai no fogo! Super simples e fez muito sucesso! A ideia da decoração era parecer o rabinho no coelho entrando no buraco. Nesse da foto o Super Colaborador que se empolgou em fazer um coelhinho.

Cupcake Rainha de Copas

Massa de baunilha com recheio de geléia de morango, em forminha vermelha. Usei um cortador em formato de coração pra retirar o meio do cupcake e recheei com geléia de morango, sem cobertura.
Esse teve também na versão diet pras avós e uma amiga que não podiam comer açúcar! Usei uma massa diet da Sol e geléia diet da Queensberry (acho que a geléia não achei de morango, então era de frutas vermelhas, pra manter a cor).

Cupcake COMA-ME

Massa de brownie com cobertura de marshmallow e mini Bis, em forminha amarela. O marshmallow era de caixinha, só bati seguindo as instruções. Escrevi COMA-ME com o mini Bis, uma letra em cada cupcake, representando o biscoito que ela come no início do filme pra ficar pequena.

 

Foi trabalhoso por eu ter me empolgado, feito mais cupcakes do que precisava (continuei comendo por vários dias) e seis tipos diferentes, sendo totalmente amadora. Mas foi bem divertido e meu amigos comentam até hoje!

Tomando Sorvete na FISPAL

Tomando Sorvete na FISPAL

Semana passada aconteceu em São Paulo a FISPAL, uma feira de alimentação fora de casa, que tem também a FISPAL Café e a FISPAL Sorvetes. Eu sempre via fotos e relatos de pessoas que tinham ido e ficava muito curiosa, e esse ano consegui ir! Bom, o foco é em infraestrutura para bares e restaurantes, então tem muita máquina, forno, geladeira, expositor, um pouco de móveis… Mas tem outros tipos de fornecedores também, como os de matéria prima, que pra mim eram os que mais interessavam.

A parte de máquinas eu até acho legal também, porque tenho curiosidade de gosto de ver o processo de fabricação das coisas. No estande da Bralyx fiquei me divertindo vendo uma máquina que fazia e empanava mini coxinhas, tão mini que mal dava pra acreditar que tinham recheio! Essa mesma máquina fazia churros também. Eles tem várias máquinas pra doces, até pra brigadeiro!! Vi lá uma outra de biscoitos, que não estava em demonstração, pelo menos naquele momento que passei, mas tirei foto:

máquina de biscoitos na fispal

Tinha uma parte que era o Pavilhão Chinês, com alguns produtores de lá procurando representantes no Brasil, pelo que eu consegui entender, afinal com sorte alguns falavam inglês! Eu achei a mesa da Jiangxi Golden Eagle Food super fofa, mas a menina não sabia responder muita coisa e só me deu o cartão pra entrar no site. Era tudo de chocolate, e eles vendem o chocolate em si também, a matéria prima. Ah ela me deu também uma dessas moedas pra experimentar. A cremosidade me surpreendeu e o sabor era até que gostosinho.

chocolates chineses na fispal

Ainda na área chinesa encontrei a Nantong Litai Jianlong Food, que faz umas gelatininhas estranhas, mas que vem em embalagens super fofas! Tinha um cara que falava português, e que me deu uma gelatina de melancia. O sabor achei agradável, docinho, mas a consistência estranha, principalmente por ter uns pedacinhos durinhos no final (espero que fossem intencionais).

potes fofos de gelatina

Aí veio a Fispal Sorvetes… Praticamente um Parque de Diversões de onde eu não queria mais sair, poderia ficar lá tomando sorvete eternamente!

A Italianinha faz aquelas máquinas de sorvete “expresso”, tipo casquinha do Mc Donald’s sabe? Aí pra demonstrar a máquina davam uma amostra num copinho. Achei mais cremoso do que alguns que já tomei por aí…

italianinha na fispal

Ainda na Italianinha, eles tem outra linha de máquinas que é pra fazer paletas! É mais um super freezer com formas de metal, e eles vendem também a matéria prima pra fazer as paletas artesanais. Fiquei meio confusa com esse conceito de artesanal feito em máquina e com mistura pronta né, mas ok… Experimentei a de Banana com Creme de Avelã e gostei bastante, o recheio estava mesmo bem cremoso.

paletas na fispal

Gostei muito da Unika, pela qualidade e pelo atendimento. Eles tem coberturas pra sorvete deliciosas (experimentei de cereja, doce de leite e café) e matéria prima pros gelatos italianos mais gostosos! Eles trazem a matéria prima bruta da Itália e processam aqui, conseguindo ter um produto maravilhoso com um custo menor. Eles ainda desenvolvem as receitas que entendem ser as melhores pra cada produto, mas as sorveterias que decidem como vão preparar. O Filippo não pode me dizer pra quem eles fornecem, mas pelos sabores dá pra tentar adivinhar alguns né… Experimentei o de Tiramisú!

unika sorvetes

A Doremus tinha uma fila enorme e uns sabores diferentes. Experimentei o de Twix, mas sinceramente achei muito forte. Como o foco deles é vender a matéria prima, acho que nas sorveterias mesmo devem diluir mais e ficar melhor…

doremus na fispal

A Super Frut faz sorvetes para outras marcas, quem quiser pode só colocar os sorvetes deles na embalagem própria, ou pedir pra eles desenvolverem uma receita exclusiva. Experimentei o de Chocolate Holandês com cobertura de chocolate e castanha de caju. Achei o chocolate holandês um pouco mais amargo.

super frut fispal

Por fim conheci a Naturalle Ice Up, que estava no estande da Esmaltec, demonstrando freezer. São sorvetes mais naturais, sem glúten, sem corantes e sem aromatizantes! Pelo que entendi eles são do Nordeste e estão chegando no Sudeste agora, estavam procurando representantes também. Experimentei o de Kiwi e gostei bastante!

naturalle ice up

Receita de Bala Baiana

Receita de Bala Baiana

Bala Baiana

Outro dia a Helô me marcou no Instagram nessa foto de bala baiana que ela mesma tinha feito. Achei bem diferente e bem legal, então pedi pra ela me passar a receita pra compartilhar aqui com vocês! Ela me mandou no receitas@oquetemdesobremesa.com.br, e quem quiser me mandar alguma receita também pode enviar por lá!

Ingredientes:

Para a bala
– 1 lata de leite condensado
– 1 colher de sopa de margarina
– 100g de coco ralado

Para a calda
– 2 xícaras de açúcar
– 1 xícara de água
– 2 colheres de sopa de vinagre de álcool

Modo de preparo:

Em uma panela colocar o leite condensado e a margarina e mexer até o ponto de brigadeiro para enrolar (desgrudando do fundo da panela).
Desligar o fogo, acrescentar o coco ralado e misturar até que o coco esteja totalmente incorporado. Deixar gelando enquanto faz a calda (ela deu a dica de que às vezes coloca até no freezer para ir mais rápido).
Para a calda colocar o açúcar, a água e o vinagre em uma panela e deixar no fogo até o ponto de fio.
Enquanto a calda está no fogo enrolar as bolinhas como para fazer beijinho, espetar palitinhos de madeira e passar margarina em um prato para poder colocar as balas depois de passadas na calda.
Quando a calda estiver no ponto banhar as bolinhas e colocar no prato.
Ela disse que nem costuma esperar gelar pra comer, mas acho que o ideal é esperar pelo menos a calda endurecer.
Segundo a Helô a bala baiana é um doce rápido, fácil e fica uma delícia!

É como se fosse um beijinho caramelado né? Deve ficar muito gostoso mesmo… Quem vai testar? Lembra de colocar a #oquetemdesobremesa se postar no Instagram ou marcar a nossa página no Facebook O Que Tem de Sobremesa?, que eu quero saber como ficou a sua bala baiana!